terça-feira, 16 de junho de 2015

Alimentos ricos em vitamina E

Os alimentos ricos em vitamina E são, na sua maioria, alimentos de origem vegetal, como cereais integrais, óleos vegetais e sementes. Porém, a gema do ovo, o fígado e a gordura que envolve a carne também são ricos nesta vitamina, que é antioxidante, ou seja, que serve para proteger as células do organismo.
Um adulto saudável deve ingerir, diariamente, cerca de 15 mg desta vitamina, através do consumo destes alimentos ricos em vitamina E.

Tabela de alimentos ricos em vitamina E

AlimentosPesoVitamina E
Óleo de gérmen de trigo13,6 g26 mg
Semente de girassol33 g17 mg
Avelã68 g16 mg
Óleo de girassol13,6 g7 mg
Amendoim72 g5 mg
Óleo de amêndoa13,6 g5 mg
Castanha-do-pará70 g5 mg
Amêndoa78 g4,3 mg
Pistache64 g3,3 mg
A vitamina E não engorda, pois não está envolvida no metabolismo energético. Mas, é encontrada nos alimentos mais gordurosos, como óleos vegetais, nozes e castanha do Pará, que são alimentos muito calóricos e, quando consumidos em excesso, podem favorecer o ganho de peso.

Para que serve a vitamina E

A vitamina E serve principalmente para proteger as células do organismo porque é uma vitamina antioxidante e por isso é utilizada em terapias anti-envelhecimento.
Além disso a vitamina E é conhecida também como a vitamina da fertilidade ou antiestéril estando indicada para mulheres em tratamento para engravidar, no sentido de evitar abortos.
A vitamina E, de nome científico tocoferol, também serve para melhorar a absorção da vitamina A.

A falta de vitamina E no organismo está relacionada principalmente com problemas neurológicos como perda de reflexos, problemas de equilíbrio, falta de coordenação e dificuldades em andar. Porém a falta de vitamina E é rara e quando acontece está geralmente associada à problemas de malabsorção intestinal.
A vitamina E também tem um papel importante na formação de hormônios e por isso é importante na fertilidade assim a falta de vitamina E pode estar relacionada com a infertilidade, dificuldade de engravidar ou até com casos de aborto.
A falta de vitamina E pode ser tratada com o consumo de alimentos ricos em vitamina E como óleo de girassol, amêndoas, avelãs ou castanha-do-pará mas também se pode usar suplementos alimentares à base de vitamina E, que devem ser aconselhados pelo médico ou nutricionista.
Os bebês recém-nascidos têm baixas concentrações de vitamina E porque há pouca passagem através da placenta mas o leite materno é suficiente para suprir essas necessidades.
Os alimentos fonte de Vitamina E são frutas secas, óleos vegetais, cereais integrais e sementes que são, principalmente, alimentos de origem vegetal.
Segue uma lista de alimentos fonte de Vitamina E:
  • Óleo de soja, palma, amendoim, milho, cártamo ou girassol;
  • Azeite;
  • Nozes, amêndoas, castanha-do-pará;
  • Sementes de girassol
  • Gérmen de trigo, grãos integrais
Encontra-se a vitamina E nos alimentos, mas também pode-se encontrar como suplemento alimentar em farmácias e lojas de produtos naturais. O preço da vitamina Eem cápsulas com uma quantidade de vitamina E de 400 mg é de, aproximadamente, 30 reais.
A Vitamina E é um excelente antioxidante que protege as células sendo, por isso, importante para ajudar a prevenir doenças, como o câncer, e é especialmente utilizada em tratamentos para a pele porque ajuda a combater o envelhecimento da pele. Além disso, essa vitamina também tem um importante papel na prevenção de doenças cardiovasculares.
Fonte:Tua Saúde