segunda-feira, 28 de março de 2011

O que é a Medicina Tradicional Chinesa (MTC)?


O que é a Medicina Tradicional Chinesa (MTC)?
A Medicina Tradicional Chinesa é uma medicina energética, ou seja, toma como base a existência de uma estrutura energética para além do corpo físico, e afirma que no nosso corpo a energia circula por canais que têm pontos específicos que, ao serem puncturados, reorganizam a circulação energética de todo o corpo. A doença, por sua vez, é sempre uma desorganização da energia funcional que controla e dinamiza os órgãos.
Este sistema beneficia de experimentação e aperfeiçoamento ininterrupto há vários milhares de anos: com ele se obtêm resultados mais rápidos e profundos em acupunctura. Sem ele, a acupunctura fica reduzida a uma prática empírica, sem história científica e de alcance muito mais limitado.
Toda a cultura chinesa assenta em duas teorias base: a teoria do yin/yang e a teoria dos cinco elementos. Toda a visão do mundo dos chineses nasce a partir destes dois princípios básicos. A medicina chinesa, como legado cultural chinês, aplica estes princípios à compreensão da natureza e do corpo humano, e a partir daí constrói o seu corpo de saber científico tradicional.
Largamente estudada e reconhecida pela Organização Mundial de Saúde (OMS), a MTC possui hoje, mesmo a nível Ocidental, um valor inegável. De tal modo que a própria OMS emitiu, já há alguns anos, uma lista em que reconhece a sua eficácia em patologias tais como:
  • bronquite, pneumonia, asma, rinite, sinusite, hipertensão arterial;
  • úlcera peptídica, disfunção biliar, diabetes mellitus, acne, dermatite, reumatismo;
  • má posição fetal, hemorróidas, celulite, obesidade, insónias, obstipação, alcoolismo, dores articulares, prostatite, incontinência urinária e fecal;
  • enurese, síndrome de ménierre, ciática, nevralgia do trigémio, polinefrite, cefaleias, depressão, neuroses psíquicas, torcicolite, tenossinovite, tabagismo;
  • gripe, tosse, tonturas e vertigens, tinitus (zumbidos), angina de peito, otites, impotência sexual, problemas menstruais, síndrome menopausica e patologias da mama.
Em que consiste uma consulta de MTC?
Numa consulta de MTC é feito um diagnóstico energético demorado e completo que inclui o exame dos pulsos, o exame da língua e um diálogo que ajude a clarificar os sintomas e causas presentes (tendo em conta também o contexto social do paciente).
Quando completo o diagnóstico, o Especialista prescreve os tratamentos mais adequados, numa perspectiva de integração das várias técnicas de MTC: Acupunctura, Fitoterapia e Massagem. É provável que o paciente receba ainda algumas recomendações de Dietética. Pode acontecer também que lhe seja recomendado iniciar uma prática pessoal de Ginástica Energética (Chikung).